sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

do contacto com o sistema judicial

Hoje estreei-me na identificação de pessoas através de um vidro. A um metro de distancia é impossível não pensar que sim, que me estavam a ver a fuça. Identificar alguém é algo que me faz impressão, pois a maior parte das vezes tenho dificuldade em reconhecer dois gémeos como tal. Quase sempre fico na dúvida se não serão apenas duas pessoas muito parecidas. Parece-me que identifiquei bem, pois nem insistiram para que visse melhor e a partir daí tudo foi muito rápido.


2 comentários:

Anónimo disse...

Done that! Not a very good feeling. Parece que vamos errar de certeza. ehehehe. Eu tb parece que acertei. :)

Beijinhos.
Sea.

carlos disse...

Tens muita sorte.aqui em Portugal, essas coisas do vidro, ainda não deve de ser espelhado do outro lado.digo eu....
Beijinhos.
Carlos.

Enganados