quarta-feira, 5 de maio de 2010

em lisboa

uns dias em casa e percebo que mais do que os amigos à distância de um telefonema, a cozinha da mãe (ainda que esta seja perguntas como"as natas batem-se com a varinha mágica?") os encontros casuais na rua com pessoas que não víamos há demasiado tempo, o que me dá verdadeiramente a sensação de estar em casa são as horas passadas em frente à televisão e tomar banho confortavelmente numa casa de banho decentemente iluminada.

1 comentário:

carlos disse...

Ora, se a varinha é mágica, porque não?!...
Esta juventude...

Enganados